PT | EN | ES

Menu principal


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2158

[1774]. Carta de [Diogo (James) Ferrier], coronel e professor de artilharia, para José Anastácio da Cunha, matemático e poeta.

Autor(es)

Diogo (James) Ferrier      

Destinatário(s)

José Anastácio da Cunha                        

Resumo

Carta escrita em tom de brincadeira por um amigo do destinatário, misturando três línguas: português, francês e inglês. A Inquisição resumiu-a assim: "hua carta sem data com o nome metido em cetera que contem hum brinco e grimatica em que lhe chama libertino".
O script do Java parece estar desligado, ou então houve um erro de comunicação. Ligue o script do Java para mais opções de representação.

Meu Menino Octaginario e Caduco,

Puisque tu veux de la verité en voila une petite dose para obtundir a acrimonia dos teus humores. Se algum pontinho desta carta picando-te te of-fenda don't blame me for it il n y a rien du mien dedans c'est l aimable verité qui te parle par ma bouche, Je ne suis que son Truchement. Copia- Hes hum asno, Jozé; hes hum delicado composto das maiores con-trariedades q se achão no mundo. Mavioso, teimoso, resignado, deses-perado, Phylosopho, Geometra, Poeta amigo sizudo, Libertino. Despre-zador do Pedantismo estebelecido te abriste huma nova e intricada verêda por onde vays chotando, com toda a seriedade daquelle sabio Animal q acconselho a Baláam; sem jamais te desviar pa a direita ou pa pa a esquerda trazendo os seus por Antolhos. Engeitas as rimas mal-medidas q ha tempos te enviou hum meu Devoto q queria ser poeta, por ao teu a" ver são fantasticos os pensamtos viste os por a false medium: pour les enfans il faut dorer la pilule; et quand je veux saluer les têtes couronnées, memes les plus saintes, et justes unto os beiços com o mel da adulação, arrastada ando q até me vejo obrigada a valer me dos auxilios da ma maior inimiga e quando quizera dizer façai isto, digo, ás vezes, Vous l' avez fait pa ver se servirá de a monitory e desperta dor á ma worthy amiga ( q alguma coiza dorminhoca) a Consciencia. Se ainda respeitas os meus decretos emenda quatro strophes pa certificar o apprendiz na medição e verás q o Genio fallará a pura verdade; elle como familiar tem maiores e mais Amplas Licenças do q o Pobre author Asignado, La Verité What is become of D Jozé? he owes me a letter, but that would not prevent me from writing to him if I only knew where he were to be found. Beijo as mãos ao Asmodeu de algum dia e o flelicito na sua con-versão; Ds lhe auxilios e lhe unte as juntas e faculdades da alma com o oleo da sua Graça pa o confirmar nas suas boas disposições. Alcança me a benção de tua Mae e vem tu pa Setembro convalecer das tuas Molestias, j ai hum excellent berceau de jasmins, une Maison assez commode peu d argent et peu de Santé, mais beaucoup de confiance en Dieu; etc Je suis e serai en tant que j aurai de la memoire

teu amigo D J 1th agust

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Guardar XMLGuardar selecção atual como TXT