PT | EN | ES

Menú principal


Powered by TEITOK
Maarten Janssen, 2014-

CARDS1020

1655. Carta de João da Mata de Morais e de sua mãe, Maria Vicente de Morais, para o tio e irmão, Diogo de Morais de Macedo.

Autor(es)

João da Mata de Morais       Maria Vicente de Morais

Destinatario(s)

Diogo de Morais de Macedo                        

Resumen

O autor escreve a um tio dando notícias da família. Informa ainda sobre a identidade da mulher com quem está casado.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Jhus Maria punhete o primeiro de marso de 655 annos Snor Tio Diogo De morais De mascedo

por duas Vias tive novas de vm plas quais Recebemos grande cõsolasão por serem as primeiras q de vm tivemos sabendo Estava Vm E mais gente saude delha deos a vm por largos annos pa se vm vir aonde se dezeja nos tododos saude E grademente alvorasados as novas de vm mormente minha mai E irmã de Vm por saber q Vms se ão de ver antes da morte d se ds for servido porq não tera mor gosto nesta vida q ver ainda irmão seu Em punhete da tera não tenho q dizer a vm porq quando Vm se foi sabia o q Ella dava de si Eu festejarei mais q todos ver a vista de vm E do snor Antonio de chaves E minha prima de Mel pinheiro não sabemos parte delle nem onde Elle anda porq de homen de tan pouca Estofa não se fas cazo q Entendo fora solteiro me ouvera de Enbarquar so a darlhe a satisafasão do q Elle na baia preguntou a serto homen Eu Estou cazado co hũa filha de pero vte e ms Ella Eu mandanmos a Vms mil llembransas E meu pai E mai mandão a Vm as dividas saudades E os morais as mesmas lenbransas E a meu tio João Vte q não tem q fazer nesta terra se tiver onde se acomodar q fique lla E vms venhão tods q Estamos Esperando por Vms nesta frota ou na va crus q os festejaremos mto E das cartas q Vm tem Escrito poes so este anno vimos Estas duas cartas nos Eramos tres irmãos não somos mas q dous Eu e hũa sobrinha de Vm Ella manda a sua prima mtos recados E a Vm todos En tanto deus gde a Vms como pode De vm mto serte sobrinho João Da matta de moraes De sua irmã Maria vte morais


Leyenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textVisualización por fraseSyntactic annotation