PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR1723

1725.Carta de Maria Mendes de Abreu para o filho [Duarte Rebelo de Mendonça], tratante.

Author(s)

Maria Mendes de Abreu      

Addressee(s)

Duarte Rebelo de Mendonça                        

Summary

A autora avisa o filho de que é procurado pelas autoridades e aconselha-o a ser cauteloso; ralha-lhe também por ele se ter desentendido com o irmão. Refere ainda dois documentos que acompanhariam a carta.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu Filho do meu corasão recebi a tua carta que muito estimei pello seguro q me das da tua boa saude premita noso sr aumentarta pa meu alivio eu cada ves mais tulhida maois de toda a sorte dte emvio a minha bensão com a Deos q te cubra e te peso andes com cudado pois reseio que te prendão pois tambem ja prederão Anto de d amaral e o sesteiro a outro dia q diguo aqui te buscam mto e andão tirando emculquas de quem entra em caza pa saberem aonde estaras não sei se te busquam pellos bemz se por respeito de Manoel eu não mandei lansar senão em par de saquos de farinha faras petisão pa ver se te despacham q nos dem as cazas q qua não deferem a nada vai a petisão e sertidão do mediquo la detreminaras o que te pareser qua me dise mulher de são joão que tu peleijaras com Anto bem me bastão as pena que eu tenho senão ainda darme estas mais esas e mais da forma que estam os tenpos asim a por te peso te ajas com pordensia pois não se comtem em couza a Deos q te gde como mto quero

Penella 7bro 11 de 1725 tua Mai q mto te quer Maria Mendes de abreo

Vai esa carta que veio na no correio mandame noticia de estevão que a não tenho tido


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotation