PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR1693

[1728]. Carta de [frei João da Madre de Deus], religioso, para [Maria Marcelina] (Maricas).

Author(s)

João da Madre de Deus      

Addressee(s)

Maria Marcelina                        

Summary

O autor faz juras de amor e lamenta a frieza da destinatária.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Minha Maricas dos meos olhos. Hum coração de prata sim he coração lizo, mas coração duro, e eu queria q não o teu coração, mas tambem a figura delle fosse tão brando como huma massilha, mas isso he coisa do Liberato, e pa elle he. ahinda assim estimo mto a prata do teu coração, e estimo essa prata, mais q todo o Oiro, qto ha no Mdo; E assim te pesso q estimes o meu amor porq he gde, he fino, he Verdadro, he firme he constante, e he mto maior do q o q o Liberato te tem. Não digo mais nada, porq me não posso explicar mais. ADs meu amor.

Mto teu Amte J M

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view