PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0652

1740. Carta não-autógrafa de Luís dos Santos, carpinteiro, para Manuel da Cruz, cónego.

Author(s)

Luís dos Santos      

Addressee(s)

Manuel da Cruz                        

Summary

O autor pede notícias sobre a sua família, que diz não saber se está viva ou morta.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snr Rmo Pe Conego Mel da Crus

Em pro Lugar estimarey q estas duas Lemitadas Regras achem a vme Logrando Aquella prefeittisima saude Como Meu afetto lhe sabe dezejar q Sendo deÇa Sorte não terey mais que apeteçer pera, da que me asiste despor vme naquillo que prestar como seu serto criado tra.

Snr Rmo não Sou O portador desta por me achar nesta OCazião Com minhas mollestias e asim estimara vme me mandase dezer se tive Cartas do Reino de meos primos e primas porq qdo não tenha lhe peço a vme com muytisimo Empenho me Escreva A seu percurador a Lisboa nos mande dezer pa O anno querendo Deos se algum delles morto = ou vivo porq asim me emporta Saber e asim espero em vme me faça isto como tem feitto emthé agora que eu tãobem no que prestar me achara mto pro Pronto Em tudo dandome Deos nosso Snr saude sedo irei Beyjar as manos a vme e Digo mais nesta ocazião senão que fico Sempre as ordes de vme a qm Ds gde ms anos: etra hoje 28 de setembro de 1740

De vme servo e Cdo Mais oBrigado Luis dos Santos

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view