PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0562

1761. Carta de frei Manuel de Jesus Maria para António Correia de Araújo Portugal, entalhador.

Author(s)

Manuel de Jesus Maria      

Addressee(s)

António Correia de Araújo Portugal                        

Summary

O autor conta ao amigo que não encontrou as testemunhas que este lhe indicou.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snr Anto Corra e Aro Portugal

Recebi hua carta de vmce a q dei reposta e agora fasso o mesmo a esta q me remeteo plo P josé sgudo: sinto qto devo a sua molestia, para della forão culpados os q a vmce derão desta cide a nota do falecimto da 1ra sua molher, poys com essas cartas e testas ainda q não erão as q apontão os Doutores, e a outra justificação, q vmce deu perante o ouvidor, ha q me rezolvi a mandalo a vmce recebeu, na suppozição q seria certo o q justificou, por livrar a vmce do mao estado em q se achava com aqla mulher, á tantos annos, de porta a dentro, q esse he o fim a q vão os vizitadores; e logo eu recomendei mto a vmce q naqla frota mandase saber a certeza; porq sendo asim como se supunha estava vmce na graça de Ds; e não sendo verdadra então se devia logo acuzar, e separar da molher; mas como vmce se descuidou em negocio de tanta importa delle tiverão mays cuido os seus enimigos, e por isso com a certeza q alcansarão, o forão acuzar, de sorte, q a q vmce fes não foy a tempo conveniente, e por essa rezão está vmce padecendo: Fis deligca plas pessoas q vmce me nomea, e ningué me deu nota dellas, porq do q pasasem comigo lhe poderia atestar; q justificação, não tinha lugar. por seré ferias e falta de tempo, q dizé parte barco amenha: A justificação q vmce dis me remeteo, feyta diante do ouvidor, não estou certo se ajuntei a sua justificação ou se a tenho entre os meos papeys os quais todos ficarão nessa terra, porq não vim pa esta com animo de rezidir, e por isso não trouxe mays q a roupa do meo uzo; emqto a cartas de favor q me pede, não tem lugar pa esse tribunal; mas como elle he tão pio, não deixará de se não compadecer de vmce a qm hei de estimar todo o bom sucesso: pa tudo o mays q lhe prestar me tem vmce mto á sua ordé: Ds gde a vmce como dezo Ba 4 de janro de 1761

De vmce Mto certo venor Fr Mel de jesus Ma


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view