PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0543

1714. Carta de Manuel Gomes Rodrigues, cozinheiro, para a sua mulher, Maria Gomes.

Author(s)

Manuel Gomes Rodrigues      

Addressee(s)

Maria Gomes                        

Summary

O autor dá notícias à mulher quanto ao seu estado de saúde e envia lembranças para outros familiares.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Minha mto caixoza esttimarei estas duas regas achem a Vmce com perfeita saude como dezo pa min da minha desponha como minha pa fazer tudo o q me ordenar como seu cativo de Vmces mais de minha cunhada mais de minha minina heu estou mto ceixozo por não ter carta de Vmce pois lhe tenho remetido tantas sem ter reposta de nehuã pois vem todas as Cazas as pas cartas de meu pro dece pais pois estamos perto huã da hai tar agora faca esta avintura a ver se tem reposta pois tinha escervidolhe desem a a Vmce meia moeda q me ficou em memeta da Beira e tomara saBer se estava Vmce emtero oje heu não va lha mandar vir pois tive a fertuna de huã moca de caza me RoBar tudo coanto heu tinha ainda não Bastou o meu senão os de meu hamo huã colheres de prata e tudo fica a minha casa e por iso remeti esa carta a meu irmão pa me hir vender tudo a a moenta da Beira e saBer de ele como vende as couzas q me lhe ficaram con a vida de Vmces mais dele dizei o q hei de fazer do dir porq heu não sei coaando hirei desta corte porq não sei Coando sera garda pa hesa tera pois disto não ha poremse ha parte agora peco a Vmces me de novas suas mais de minha cunhada mais de soas tias todas pramte do conpe mel mto tinha mais de comader Carmen mais da Comader BarBara mais do compe joze pelu fz e dezo dar eses a mas emigas todas e mais mandeme dizer como estam os emventarios de meu aBou e dizelhe q a mim não se me perde justica inda q seiga duzentos anos q heu Bem sei Bargue prazo e LiBoa e q se não fizerem como devem q sahi como para a Bahia desta corte porq se não for por gustica ha de ser por espada mais q fui Bi q no mesmo dia foram por esta forrCa q não cudem q por estar em LisBoa ham de fazer o q lhe quicerem porq ca ha quem manda saBer todos os menistros e q se estiver em Bando q ha de ser da caza e he hir heu La dentro em tres dias q pa hiso tudo ha remedio escervam Vmces Logo porq so hiso me fara sahir por q não cuidem q heu de qubro de Vmces pois heu estou fino da tera dize o compe mel q faca tudo o q puder q q as pedem se encantem e con isto ds gde mtos anos hoije 4 de marco de 1714 anos

deste se cativo Mel Roiz Pouceiras

ponha asimma soBerescrito


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view