PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0384

1621. Carta de Bento Barbosa, homem do mar, para a sua mulher, Ana Lopes, lavadeira.

Author(s)

Bento Barbosa      

Addressee(s)

Ana Lopes                        

Summary

O autor queixa-se à sua mulher por não ter notícias dela, dizendo também não compreender como é que ela pode estar bem sem saber dele por tanto tempo. Termina a carta com outros assuntos do quotidiano.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

permita noso senhor q esta vos tome cön a perfeita saude q este voso marido vos dezeja e vos de aquela perfeita gloria q todos nos dezejamos depois q me apartei de vos não tive hũa vosa novas ce heras morta ou viva q ja estou mto descõnfiado como vos podeis estar tãm bem de não teres novas de min ce sou morto ou vivo não qebre por vos q vos pormeto q ce ds me fas mces de me trazer diante de vos eu vos pormeto q tenhais descanço eces poucos dias q vos viveres cõnfio na virgẽm nosa senhora do rozairo q la me a de trazer diante dos vosos olhos como vos desejais dai me muita Emcomendas a estas senhoras aonde vos estais ca me derão novas como me vos qerias mandar dro pa me vir pa o reino folguei mto q mo vos não mandases porq não me hera nececario dêos louvado pa tod o sẽmpre ce não fora tantas perdicois como tenho ja istivera diante dos vosos olhos mas são tantos os nimigos q não podemos navegar por estas partes do sul q de quinze embarcacois não Chegarão mais q duas e numa me fes deos merce de me trazer por cöndestabel dela e me fazer muito bom partido nas q me embarcarão e dou muitas gracas a deos darme arte pa saber ganhar minha vida como os demais mandaime a minha mai boas novas diguo a vosa sogra corevos cön ela q não perdeis nada q o tendes d obrigasão porq o q la tendes ela tẽm dado mutas pasadas por iso q meu pai faleceo sem fala ela por nos ver cön remedio deu muitas pasadas e não sou mais larguo por não emfadar dolemte desta noso senhor etctra deste voso marido bento barboza

feita malaca a doze dezembro da hera de mil 621

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view