PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0279

1653. Carta de António de Antas Barreto, vigário, para Alexandre da Silva, deputado.

Author(s)

António de Antas Barreto      

Addressee(s)

Alexandre da Silva                        

Summary

O autor pede ao destinatário que o defenda das acusações dos inimigos, pois já foi chamado para uma inquirição.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Dor Alexandre da Silva

Nosso sr de a Vm tão boas sahi-das de festas como este cativo, de Vm lhe dezeja, Eu as não tive tais porq alcancei que, por informações destes meus inimigos fizera huã inqui-rição Dos Carvo de Olivra contra mim daquella materia em q nẽ por pençamto delinqui des o tempo . Outros ini-migos se unirão aos primros q vão nessa petição por o serẽ de novo E os não ter referido na q deixei em meza mta m me fará Vm reprezentar estas cousas porq sabe o po-der de meus inimigos, E q por esta via tratão de minha deshonra E destroição per evitarem a sua, e porq confio per meo de Vm alcançar segurança pa mostrar minha innoçençia de prezente çesso de encareçer es-ta m a Vm cuja pessoa nosso ds gde como dezejo. Sezures E de abril 26 de 1653

Capellão de Vm Anto d antas Barreto

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textSentence view