PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

PSCR0016

1593. Carta de Gaspar Pereira para Henrique Pereira, seu filho.

Author(s)

Gaspar Pereira      

Addressee(s)

Henrique Pereira                        

Summary

O autor dá conta de diversas notícias familiares ao seu filho. No seguimento desta, e em data posterior, o autor acabou por acrescentar uma nova carta para o filho (PS1519).
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Por muitas vezes vos tenho escryto e não ey tydo a dyas novas de vos somemte os dyas pasados teve hũas regras que escreveo a qua em nome de luys em que me dezya que estavays vos em sevylha avya dyas estas faço vos dar conta de mỹ e de toda a minha qasa e obrigacao dela e vosa yrma e sobrynhos e estarem todos de saude a deos louvores e goste com a boa lyda de voso Irmão manoel alvarez que ja e vymdo a des louvado e bonãca seyja mto louvado la vos ey ja mãdado qarta e minha não sey se forão ja a vosa mão agora não tenha que vos dizer so vos darey cõta que vosa molher ao presemte ter saude e me foy des servydo levar pa sy a vosa menyna mays pequena que foy este sabado pasado fez tres semanas que seyja o sor servydo dela la muytos anos Rogando ao sor por vos. e asy tambem foy servydo levar a oyto dyas a framcysquo fo de voso tyo Royz e sua molher aymda não a parydo esta de saude a des louvado emcomemdo vos mto q andeys por onde não des que falar as jemtes acerqua de vosa vỹda que ja estou emfadado de vos escrever dese negocyo poys tam pouquo qaso fazeys de que vos dygo e olhay que são vosos pequados os trabalhos eses menynos vos emcomẽdo que não ter quem os doutryne se manoel alvarẽz vos escrever algua cousa que facays fazeyo que e bom yrmão el esta de quamynho pa yr ver vosa molher e fylhos. o dro de bregamca qobrey dez mill res que vinhão na quarta deles mãdey a vosa molher sete mill da casa porque os tres mill res ouve pa tam certo negocyo que me ymportava em rey tamto que venda mulo que tenho desquerer não tenho por ora que mays vos emquaregar mãdovos a mynha bemcão e a meu neto que des garde pa voso desquãso bautysta do laveyra e e neso avẽdão muyto com muytos desejos desta vosa quasa

oje oyto de agosto de 1593 anos Do voso pay que vosa saude deseja gaspar pra

se ese menyno não aynda pa fardo não lho deys pa que não aja tamtas perdas


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotation