PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
Maarten Janssen, 2014-

PS2504

1790. Carta de Joaquim José de Santa Ana para o seu irmão, José Joaquim.

Author(s)

Joaquim José de Santa Ana      

Addressee(s)

José Joaquim                        

Summary

O autor aconselha o irmão a não brincar a respeito de certos assuntos, para que este não seja excomungado, e pede-lhe que o venha visitar no Natal.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Torrão hoje 10 de Novembro 1790 Irmão do C

Estimarei q estas duas Regas te axem desfrutando huã saude igual ao teo e meo desejo em conpanhia de minha conhada q a minha boa graças a Ds pa sempre para em tudo te dar gosto eu rreçebi a tua carta de q fis munto gosto por me dizeres estavam boms; fis o presente q tu fazes o tio alexandre ele te manda muntas saudades mais huã prima nova q brites do capitam mor q he cazada con Jozè Ignaçio carpinteiro açeita saudades de nosso pai e de toda a nossa gente en geral; a Respeito de rrespiçio q me dizes ainda vivo não zombem com iço porq tu cais em huã es-cominham grande e vei o q fazes vei não te asoseda alguma a esse Respeito; eu tive notiçias como vives mais tua molher por huú fereiro q veio de e veio a caza do padrinho João simoins e me diçe q tu eras seo vizinho q moravas a Sam lorenço o patio do castilhana q asistias em huma barraa q pagas seis mil Reis e mal acomodado e q tu hias buscar obra a caza dos mestres frojada e a vinhas limar a tua caza e q tu andavas para a fondição metendo empenhos e me diçe hum amigo q isso não prestava porq não se pagava senão de treze em treze mezes com q assim vei se podes xigar para o natal q temos q fallar porq eu mão posso hir; não tenhas o pai por descuidado q elé sempre está falando em voçes; dame muitas saudades a Joaquim sarugo mais o leonardo q estimo andem todos boms tambem me diçerão q Joaqm aprendeo a calafate man-dame dizer se he assim o não dame muitas saudades a françisco bernardo dame tambem muitas a minha conhada e abraço muito apertado q estimo a ssua boa saude e com is não te emfado mais açeita saudades minhas o xumbo q eu te mandei procurar não he em gram hos aRates em barra as aRobas deste teo Irmão q a vida te dezeja Joaquim Joze de Santa Anna


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textSentence view