PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS8048

1817. Carta de Dâmaso Teixeira Fragoso, vereador, para José Gonçalves Castelhano, foreiro.

Author(s)

Dâmaso Teixeira Fragoso      

Addressee(s)

José Gonçalves Castelhano                        

Summary

O autor confessa que assinou os papéis a favor do padre, pois se não o fizesse o padre não o ajudava.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snr Compe Joze Glz Castilhano Cururupu 6 de Dezbro 1817

Vejo o q me dis na sua q a demanda sahio contra vmce prq asignei papeis a favor do Revdo Pe Anto Vidal portanto sou a dizer a vmce q he verde q asignei antes do juramto q dei na sua cauza ao mesmo Rvdo hũa atestação a favor do do Pe e não sei se mais Algum papél pr elle me pedir e o mesmo asuçedeo com mtas mais peçoas como vmce sabe porem despois q depus a verde do q sabia na sua cauza debaixo de juramto so asignei hum reqrimto q me pedio asignase pa alcançar lca pa confeçar e me segurou q este reqrimto não hera pa emcorporar ao Autos e q nunca nelles teria valide e q se o não asinase q nem Eu nem ma mer ainda q estivesemos em perigo mortal nos não confeçava porem esta asinatura não serve pa tirar o valor de verdro juramto q dei na sua cauza e se apareçer nos Autos qlqr asignatura ma q favoreca o Pe contra vmce he falça Ora meu compe este Pe sempre se esta emcomtrando comigo e cada ves q me ve sempre me vem com o juramto q dei contra elle e faz hua coiza tão suja q Eu para me ver acomodado pr mais Alguns Dias no meu Ranxo lhe tenho dito Pe isso não he asim Ora por mais q fuja de me imcontrar Com elle não he poçivel fazelo pois vmce bem sabe q eu moro perto delle asim eu pa viver asim o tenho feito pois vmce bem sabe q the o prezente qm não tem o Pe pr si he despigado heu sou Pobre e com huns pocos de filhos como vmce bem sabe e não tenho Remedio senão sacrificarme a huas tantas couzas e se vmce estivese no meu lugar suçederia o mesmo emqto a porca em q se fala he verde q me deçerão q o mesmo Valentão João Franco de Azdo o Duro q emtrou no furto do seu Boii e Paiol de Lazaro e João Mel de Lima tambem me matou a da Porca e queixandome Eu ao Pe proptamte ma pagou. he o q se me ofreçe dizer a vmce q he a pura verde

Fico como sempre sendo de vmce compe Amo vor cr Damazo Te Fragozo

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXT