PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS8019

1822. Carta de autor desconhecido para Francisco de Santa Rosa de Viterbo Moreira Braga, padre.

Author(s)

Anónimo260      

Addressee(s)

Francisco de Santa Rosa de Viterbo Moreira Braga                        

Summary

O autor avisa o destinatário para ter cuidado com quem o rodeia.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Braga Reverendissimmo Senhor Braga 20 de Maio 1822

Temos Prezente a sua de 15 sentimos o mais possivel ainda o seu emcomodo Nosso Senhor a de premetir a Sua verdade o que lhe recomendamos não se fie em todos e nada de fallar pois não savemos o tempo que volta dará etc etc No dia 18 Remeti pello Santa Marta os botoins que pode aRanjar que metão ; e junto com elles bay hua Lembrança de sua Jr que lhe tinha goardado para quando viesse mas Nosso Senhor não quis que os viesse comer a esta pois são dos que me mandou Meu Primo; que todos os meus parentes estão sentidos pelo seu emcomodo mas Nosso Senhor sobretudo; foi o Coixo provera que seja vreve por sertas sirconstancias que a seu tempo as direy sendo nos vivos P 39% Grozos de Bottoins 120... 4$740 Lançe a meu favor que faço o mesmo em tudo que quizer avize; esses que mando são da Cleriga pois os de tras do Espital não os tem nem os quezerão fazer que os pagavão por mais e que não tinhão cabello; eu bou continuando a compralos a cleriga; pois os pode reputar que são muito bem feitos; o Branco aqui chegou me deu hum maço de Gazetas; elle me disse o não Procurou porque os vevados soçios delle lhe pozerão medo pois eu lhe dei os Agradecimentos bem a risca. Veremos aGora aGora o Santa Marta se for o mesmo sabera que que no dia 18 foy prezo Frei Luis nesta cidade por cauza das Grandes vevedeiras e dezordes que fazia. no mesmo dia Vierão 4 frades de Guimaraes Buscalo e forão mais 2 desta aCompanhalo. 1 foi o do Alfaate da Porta da ; o mesmo Frei Luis no dia 15 estando em seu Juize me dice que todos esses seus enComados forão Cauzados pellos mesmos Frades, para vossa reverencia não poder estar no capitollo e que o Amarante havia de ser o da culpa por baixo de mão sertos vevados que asertão as verdades vossa reverencia tem que comer emquanto nos tivermos deixece de semilhante Jente; segundo o meu Parecer Julgo nelles; alguas Machadinhas Enfim todos lhe recomendamos toda a Cautella que não tenha prigo; pois com o seu abrigo nos respeitão, e agora não temos remedio senão ouvir e calar ainda que nos digão o que disserem; que a seu tempo se nosso Senhor nos der saude lhe direy quem são os ditos Amigos as alenternas se anda coidando nella com vervidade vezitas de todos Amigos e Inimigos e as Nossas são de Lagrimas o Branco troixe 2 carregos de carneiros para o Cunha e e Roquira disse o Villa Nova os comprou no Recio a quem não me dice e que os comprou os delas 10$ reis e Pretas 7,000 reis e dis que N Vão muito boas eu a pena que tive foy o seu emComado. senão os avia de fazer caros ao tal que os vendeu, mais emfim quando aminhece he para todos; eu bou vendendo nas minhas

Sou deveras seu Mano

P.S. Pello mesmo Santa Marta lhe deu João hum vilhete a pedir hum pouco de Rape sendo 56$ Comum 6 reis 2 Prenciza 64 reis Se vossa reverencia poder darlhe como elle ó á de Comprar que Mepiga e a Recebe


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view