PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS7098

[1817]. Carta de Josefa Viana de Campos para o seu amante, Jacinto Júlio de Queirós Moura, estudante.

Author(s)

Josefa Viana de Campos      

Addressee(s)

Jacinto Júlio de Queirós Moura                        

Summary

A autora expressa o seu amor pelo destinatário e suplica-lhe que partilhe com ela uma ideia secreta que tem, presume-se que para poderem vir a casar os dois.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Querido E. do meu C

Como poderei eu viver Contente satisfeita auzente de ti emvolvida em huma amarga saude q me despedaça o C de sentimto meu terno amor eu ja não poso eu moro extalo de saude eu não posoja ja não poso rezestir, eu tento mil meos pa te falar mas por disgraça ma en todos acho deficuldes tu não dizes nada não me das hum edeia segura pa q pelo meio della posamos ser felizes ve meu bem ve se podes acudir me e metigar com os teos emcantos a ma saude ai de mim q tanto suspiro por te apertar em meos braços ah qto eu ja foi venturoza e os teos amtes e doçes b... pa qm serão elles agora não meu lindo amor não faças mais nimgem felis goarda tudo pa mim pa a tua humilde V. q tanto te adora não te exqueças della da lhe a tua e não de E. q os ceos te hao de premiar a tua genirozidade meu Jacintinho de ma alma rogote q me digas o segredo pois tenho sumo dezejo de o saber e como não podemos falar e precizares q eu o saiba não avera remedio senão dizeresmo e dizeme tambem se ficas senpre tenção de ires a tua caza fas o q quizeres mas sabe q eu tenho diso grande sentimto mas não pudendo dispensarte Vai paçiençia e dis me tambem ql o plano q tens traçado pa... quero saber tudo sendo a tua Vonte o dizeres me sempre a verde pois enganos não os quero q não tos mereço aDs meu Caro oh... da me o gosto ao menos de te ver q suspiro mto por iso recebe mil saudes

da tua Firme e Constante V.

PS amorzinho quero q me faças o favor de me proguntar hum remedio pa huma grde cumição q trago nas sebrançelhas e caspa e me caiem alguns cabelos e eu não queria q elles me caiçem isto ha de te pareçer loucura mas paçençia


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view