PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS7096

[1817]. Carta de Jacinto Júlio de Queirós Moura, estudante, para o seu primo Bernardino Peixoto, frade.

Author(s)

Jacinto Júlio de Queirós Moura      

Addressee(s)

Bernardino Peixoto                        

Summary

O autor pede a um primo que encubra as verdadeiras razões da sua permanência em Coimbra; alude à sua paixão por uma viúva, que se percebe ser Josefa Viana de Campos.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meo Caro e

Amo esperava receber estes Corros resposta d hua q a immensos tempos te escrevi, vejo porem que de mim te has esquecido; hoje escrevo a ma Mai e lhe mando dizer que não esperem pr mim estas ferias prq tendo de fazer acto nos fins de Julho e tendo d estudar Geometria determino ficar aqui estas ferias não so pr este motivo mas prq assim o exige pessoa a qm devo os maiores obzequios principalmte não pedindo eu a ma fama mezada pa estes mezes e tendo aliás commodide de hir a banhos a Figueira. Não podes duvidar o q eu estimo ter meios de ficar aqui pois sabes o qto eu sou obrigdo aos merdinhas dessa terra. Peçote q encareças a ma Mai a necesside que me assiste de ficar aqui, e a ti como Amo te digo q eu não voltarei a Amarante sem hir ligado com indossuluveis laços e athe sem ser ja Pai de filhos; pois tenho a fellicide de achar hua Menina com milhor de 100 mil cruzados nova bonita, mas ja viuva, isto podes pela ramadi Dizer a ma fama e athe podes dizerlhe q a conheces se te lembras d hum oppozitor de Medecina chamado Campos. Não deves porem ignorar que eu estou em vesporas de fazer 22 annos e que nesta idade devo pençar bem principalmte em cazo de tanta importancia, assim como não deves crer q o amor me tem vendado os olhos pr me não deixar ver as couzas pela sua verdadra face; so te digo que eu sobre isto tenho meditado mto e tanto basta. Deves como fiel Amo gardar segredo inviolavel sobre este particular assim como dizer em caza que não sejão Molheres e pr conseqa lingoroteiras que os meos negocios não estão em estado pr ora de se poderem divulgar. Ads emthe o Corro segte

8; Maio Amo deveras

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view