PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS7017

[1833]. Carta de autora não identificada para José António de Azevedo, soldado.

Author(s)

Anónima10      

Addressee(s)

José António de Azevedo                        

Summary

A autora conta ao destinatário como se desenvencilha na terra para tratar sozinha das suas culturas.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

8 d Abril, quinta de S Francisqo

Meu prezadicimo aFilhado... pelu gosto e dezejo qe tennho de receber sue tan dezijade nouticies, Faco esta, dezijando qe tennhe, u,me perfete saude e Feste mointo felis aconpanhade de graces, celestial, sendo a mais solide e premannente a qual peso a deus, qe de contino, u assiste como pre mi de dezejo... Meu C. tendolli prometido na minhe carte, de, sabado de lle sqre,ver pre lli dar parte do, ajuste qe fis con, u home, xamado masimianno a respeto de, noca quinta, quase tarde, e, afellite de me ver so, e, sen mezo pera qultivar, dele, de, meze, obrigando cenle, da cultivar, in tudo dando, eu, a metade da cemente e tanben s ubrigo a m acõnpanhar e fazer u qe me foce presizo na sidade e pesoe temente a deus e ben naside desta sidade, purin nõn fisz esqriture pur nõn saber tue vontade mais ben sabe meu afilhado qe não poco aqui estar sozinhe, us muso não us poco ter visto faltar tudas prupursão e ume corje dela dirão e perigisoza e como ele so fas me conta, do lliso u conduto i u pan q ele come e a sue custe este ome e pesoe capas e fiel e s a d acumodar cão tudo, vieme afllite sen saber qe fazer e asi ele qultive vira con mais zelo el intende de tudo, resta a vere u qe le fera participote, q ceu baselo q pos u lãogo, das cazes tudo esta pegado, e, arebentado e do velado tanben o tenpo vale pão do bõn pre tudo e avendo denher tudo s a de fazer teu quinxozo, vace cavar teu nasente ten otre vesz agua mais u de tue quinta apareseu e requo ótre ves u q feras alto dezijave saber si vendeu ben sue bure mandello pregõntar mais não me ten dito nada digeme tanben si ja pagaste u q devie q esto con quidado in tudo q tu fas pur la digeme si ja recebeu as butine as meyes as luves si lli ficarão boe a tanto tenpo q fico marie barbre inconbilde de lli mandar tudo, não tenho culpe de tu não a ter a mais tenpo si ce linbrasen tanto de ti conmo m alimbro a mointo tenpo q tu as terie graca pruvidencien u fazer deste fico boe cada ves mais groce e mais vormelle tanben não ce purqe como poco e dorme menno pelu mointo cuidado cada ves esto mais pretinhe e mais firma ja fizerão visturie do olival e foe tudo in noço favor o provedor juis e esqrivan tiverao do de mi, fui eu ascestir a tudo pre me não inganar daqui ja esto discansado a quin quere ficar con ulival si us frade dere pre, 6z alqere de foro e page usz atrazado tude qe ce lli deve deus permite qe ce face pre nos ficarmo disquançado.. a respeto de diogo, dicelli qe nõn tinhe dado u denher pre não axar qen trucace u papel mais logo qe recebes otro lli pagere e u jasinto tanben discance subretudo e pur tudo Adeus M C. u tenpo não me da pre mais ni u papel adeus Meus prezadicimo e uniqo Snr

deste C. F. M. A.

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXT