PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS6284

1823. Carta de Luís de Sousa Vahia Rebelo de Morais, visconde de São João da Pesqueira, para Manuel Gerardo Ferreira de Passos, tenente-coronel na reforma.

Author(s)

Luís de Sousa Vahia Rebelo de Morais      

Addressee(s)

Manuel Gerardo Ferreira de Passos                        

Summary

O autor mostra-se conternado pelo facto de o destinatário estar preso. Promete ajudá-lo.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Illmo Snr

Meo Ao coanto sinto seos encomodos, eu tinha visto na gazeta e ordens do Exer-cito sua reforma mas não sabia de sua prizão; poso sigurarlhe que sem saber desta, pela simples reforma eu prizomi que tera havido alguma Couza Contra VSa e chigei a falar a hum Amigo, do seo bom carácter e comfianca que deve merecer a todos os Guvernos pelo menos asim estou persuadido e não poso qrer que sua Magestade tenha podido encon-trar em VSa outro Homem que não seja o bom e pasifico sudito imcapás de toda e qualquer tentati-va Contra o guverno de sua Mages-tade, ou que lhe posa ser dezafeto na mais peqena pte eu estava e estou tão convensido disto que não duvidaria publicálo, e qreio meo Ao me não en-ganaria, comtudo vejo pelo que VSa me dis que está em prizão e tem sofrido. Eu pa pouco posao serlhe util e mesmo estou a partir por estes Das pa a Provincia do Mi-nho mas antes cuidaorei em falár algem que posa saber do motivo de sua prizão e verei se poso darlhe a rezolucao de sua pertensão a sua sultura e liberdade pa ir pa a sua Caza, pelo menos meo Ao asim o dezejo, e me ofreco pa o que posa serlhe util. Conte asim com ma vontade

pois que sou o seo Ao Camarada antigo e criado venerador o visconde de S João da Pesqeira

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view