PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS4028

1656. Carta apócrifa de Manuel Leitão de Oliveira fingindo ser Francisco Rodrigues de Oliveira, irmão de licenciado, preso, para sua mulher, Maria da Mota.

Author(s)

Manuel Leitão de Oliveira      

Addressee(s)

Maria da Mota                        

Summary

O autor finge que o seu tio, preso pela Inquisição, dá boas notícias à mulher.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

snar maria da mota

mto me alegrei Com novas Vosas e deses meninos eu fiCo Com saude grasas a deos emComendaime a deos a elle e andre reze a nosa snar que lhe aCuda eu Vos estou emComendando a deos eu depreza irei pa Caza foLgo mto que tivezeis bom barto Vosos Cunhados Vos mandão mtos rosados não sou mais Largo

da emquesisão frco Roiz olivra

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view