PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS4025

1656. Carta não autógrafa de Catarina Mendes para o marido, Sebastião Rodrigues de Oliveira, licenciado preso.

Author(s)

Catarina Mendes      

Addressee(s)

Sebastião Rodrigues de Oliveira                        

Summary

A autora regozija-se com as notícias que julga ter recebido do marido, preso pela Inquisição. Aproveita ainda para lhe dar notícias de diversos membros da família e de alguns conhecidos.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snor

Sebastião Roiz de oliveira muito estimei Novas de Vm eu fiCo Com mutos aChaques padesendo estas auzensias tão Largas da Vista de Vm porque na minha Vontade queria eu que não fose tão Largo o tempo porque qm espera tudo lhe parece tarde asy peso Muta pasiensia a Nnoso snor os meninos Com saude e sua aVo minha mai festejou muito novas de Vm pasando Com o seo mal e a beata e ao snor Dom Verisimo e a eses snores Noso snor lhe de bom su susezo em tudo munsa me esquesera enComendalos a noso snor e ao seo deVino esperito bastião friz e seo fo não manifesto o que pasei Com elles porque pa o manifestar ha mister hũa mão de papel gomes manda mutas saudades a Vm festejou mto suas boas novas sempre Com mto Cudado de o emComendar a Noso snor e fro ficou muy alegre de que Vm estava em tão bom Estado e se Lembra la dele e se ele não asestira nas eiras não se recolherão tão depreza e o abegão pelejou Com o moso e fouze e ou dispois que se o abegão foui tornou Vm deClara na Carta recados se he musquro e quintal darselheão porquandto os aCupo aChos Chaves esCrivlhe esCrito em rezão daquella divida dise que me mandaria nunqua ma mandou nunqua teve Comprimto nẽ ora pa Chegar a esta Caza nẽ pegado Veyo o Coregedor mesmo a prendello por daninho esta na emChovia mtos reCados aos snores meos irmaos mtas Caudades estimarei que tenhão saude o snor medisCo dira que não mandei reCado a sua Caza pa lhe esCrever não mandei porqu elle dize que eu mão podia saber Couzas deza Caza senão por feitesaria e outras Couzas que se não podẽ dizer o seo guarde a Vm

elluas 10 de outubre de 1656 Cata mendes

ma da mota Cando esCreveo estava mal desposta ja agora esta melhorada


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotation