PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS3151

[1760-1769]. Carta de Maria, aliás, Maricas, para Gabriel de Mira, padre.

Author(s)

Maria, aliás, Maricas      

Addressee(s)

Gabriel de Mira                        

Summary

A autora, em registo erótico, declara o seu amor e expressa saudades do destinatário.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu Marido todo o meu bem e uniCo amor da minha vida

não te poso expeliCar as saudades que padeso nesta auzensia tam dilatada não ha dia em que tu me não lembres sempre Choro sempre suspiro por ti as tuas maminhas estam mortas pelo seu filho pelo seu gabrielzinho tanto de meu gosto aseita mtas saudades do teu Coninho pois ainda que esta doente sempre more por ti sempre he teu e ha de ser pois podes estar desCansado que te não ofendo em nada dezejarei que tu fasas o mesmo pois eu tenho mtos siumes de ti adeos meu amor adeos meu bem

Desta tua molher firme emthe a morte Maria

o teu Coninho maminhas mandame dois Cobodos de baeta Caremezim. os sapatos sam pa mim pois os branCos asim que os Calsei duas vezes logo se rasgaram pois o sapateiro que os fes não lhe botou foro


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view