PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS3147

[1760-1769]. Carta de Maria, aliás, Maricas, para Gabriel de Mira, padre.

Author(s)

Maria, aliás, Maricas      

Addressee(s)

Gabriel de Mira                        

Summary

A autora, em registo erótico, declara o seu amor e expressa saudades do destinatário; pede-lhe ainda que não dê ouvidos a boatos sobre a sua conduta.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu Marido todo o meu bem

não te poso expelicar as lagrimas que Choro Com saudades tuas pois me parese que ha hum anno que te não bi em segundo lugar dezejarei esta te aChe Com saude pois he o que mais te dezejo eu fiCo boa pa te dar gosto meu filho Ca resevi a fita pois te Comfeso que a estimei mto pois he mto bonita mas e ela fose azul ou berde mto mais a havia de estimar menino mto me ademiro de tu me mandares dizer que eu tinha humas Cazas alugadas pa la hir falar Com alguem tu bem saves que iso he mentira pois eu te não havia de fazer semilhante Couza ese senhor que te manda dizer iso se tu foses meu amigo não lhe havias de esCreber ele basta estar agastado Comigo pa tu lhe não esCreveres mas tu sempre fazes o teu gosto meu filho tu bem me podias fazer o gosto pois bem saves que eu sou mto tua e que não amo a mais ningem senão a ti pois so tu hes o meu bem e todo o meu amor meu menino quem me dera ja berte pa te dar muitos abrasos e muitos beiginhos e meterte a lingoinha toda nesa boquinha as tuas maminhas todas tuas sam e de mais nimgem so sam tuas e tudo Coanto he meu he so pa o meu marido pois so dele quero e so a ele amo vejo o que me dizes a respeito de silbestre Coreia ele me mandou dizer que te mandaria a reposta vejo o dizeresme que me querias mandar hums sapatos bonitos eu hei de estimalos mto por serem teus pois não quero nada senão teu tambem vejo o dizeresme que me queres mandar os pratos pela lanCha Coando os mandares reComenda oo home que os trouxer que os não de senão a mim ou a preta e ao Coreio tambem lhe reComenda que não de a Carta senão a preta adeos fiCo esperando as tuas notisias pois as dezejo muito tu não estranhes o heu não te esCreber mais largo porque não poso adeos meu maridinho adeos meu gabrielzinho do meu CoraCão aseita muitas saudades do teu Coninho que ele esta morto por foder Comtigo as tuas maminhas tambem te mandam muitos abrasos

Desta tua molher que mto te ama Maria gabriela

ahi bai o teu Coninho


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view