PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS3104

1653. Carta de António Bandeira, capelão, para [José] Álvares da Rocha, familiar do Santo Ofício.

Author(s)

António Bandeira      

Addressee(s)

[José] Álvares da Rocha                        

Summary

O autor pede a um familiar da Inquisição Portuguesa que a António Lopes Saavedra não seja feita a vontade de ir em degredo para Angola, em vez de ir para o Brasil, conforme lhe tinha sido sentenciado.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Pax Xi Sor meu,

em segredo de confissão me disse-rão, q Anto Lopes Saavedra castiga-do pello s Officio pello peccado Nefando, e degradado por elle pa o Brazil, saben-do q Miguel de Carvalhosa (penitencia-do pello mesmo) hia pa Angola, pe-dio na mesa cõmutação do degredo pa a mesma Angola: e actualmte fás extraordinarias diligencias pa ir na mesma nao o ditto Miguel de Car-valhosa, o qual ajuda pa isso quanto póde. A tenção d' ambos Ds a sabe. Mas porq com grde fundamto se temẽ entre ambos novos malos, e desventu-ras, me encarregarão, q por serviço de Ds, procurasse atalhar os pecca-dos que com moral certeza se receão. Pello q peço a vm da parte de Ds, seja servido mandar q o ditto Anto Lopes Saavedra cumprir seu degredo ao Brazil, e de nhũa manra a Angola. E sendo esta a peor terra, açáz sospeito se mostra quem a pede, deixando a melhor, qual he o Brazil. Nosso sor

De caza 2a fra Capellão de vm Anto Bandra

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXT