PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2705

[1760-1769]. Carta de Maria, aliás, Maricas, para Gabriel de Mira, padre.

Author(s)

Maria, aliás, Maricas      

Addressee(s)

Gabriel de Mira                        

Summary

A autora, em registo erótico, manda saudades ao destinatário e acusa a receção de algum dinheiro.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu Marido

Resevi as tuas Letras que mto estimei por ber ficavas de saude eu aqui fico ainda de cama sangrada e ainda tenha pa tomar tres prugas mas agora fico boa e o teu coninho fica mto Linpinho so pa o meu marido tam bonitinho eu meu filho moro por foder Comtigo e darte mtas pinguinhas ao meu menino pois so tu hes o meu amor saveras meu filho que eu não poso Comer tenho mto fastio so se te vise he o que eu queria eu não te poso estar a esCreber o que tenho pasado por tavora pois estou mto mal e não poso escreber pa de hoje a oito dias he que poso estar a pe emcoanto regaLate aseita mtos abrasos e mtos beiginhos desta tua molher que mto te ama Ca resevi dois Cruzados novos noso senhor te page tanto amor Com que me tratas pois so tu hes o meu inparo adeos que não poso mais

Desta que deveras te ama Maria

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotationManuscript line view