PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2229

[1654]. Carta de Jorge Mendes para destinatário desconhecido.

Author(s)

Jorge Mendes      

Addressee(s)

Anónimo263                        

Summary

O autor solicita uma breve solução para o seu caso.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Vendo estou o grande aperto em q VMs me poi pois estamos vendo todas as oras os rebates q se nam ouvera mais mal q o meu eu me sulpetara mas nam cizera fora como os filhos de jeronimo mendes mas enfin visto iso vou no pareser de VM q ainda que caiam raios sobre mim nan me hei de disdizer agora neste ultimo avizo se ruzolvam tendo resposta deste senam Farei o q tem vosas Mese entado e dés gde a todos e a mim me encaminhe he torno considar q nam ha desculpar nada e mande acabar q estou considrando de novo me nam ei de dezembarasar des me acuda e a todos nos gde Asim q nam ceiram voses q esteja tres anos en trabalhos he no Cabo saia com abito prepetuo e voses nam estarem cietos se rui dias nam he deste pareser nam fasa nada de si nem seos irmaos tratem os coatro mai ermas e molher nam mais e disto veram se pode aver avizo pelo aMo de ds e ficam cietas de branca Mendes isto se se siga sen falta e se outra gente cizer ir tratem cada irmandade do de si nam me vam acabar q eu nam trato mais que dos quoatro que digo e mais tradar vinte dias torno a ela dizem nam tenho coiza e sange mas q estam mais de vinte prezos afora os q iram de tras como me poso dezenredar e vosas merces se resolvam porque he estar numa pura mazeria asi que esta isto munto trabalhozo a reposta leve diogo logo ahi fora en o estremos e seja sedo q logo dis que me levan nam aja discuido nam sejamos como bestas e vejo com diogo Lopes ter la tudo foram de pareser de sua molher ben era segurar que nam sabemos os q la estam e o q faram


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view