PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2118

[1666]. Cópia de carta de Manuel Mascarenhas, Prioste da Universidade de Coimbra, para Antónia de Carvalho.

Author(s)

Manuel Mascarenhas      

Addressee(s)

Antónia de Carvalho                        

Summary

Manuel Mascarenhas escreve à mãe dando-lhe notícias suas e instruções sobre o que a família deverá fazer no âmbito de um processo.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Ao portador devo muitas obriguaçõens, elle darà mais novas minhas, e do que se ha de fazer; eu fiquo muito ançiado para mor de VM, e das minhas Irmãns, que me pareçe para sahir com brevidade, ser forçozo falar nellas; eu por não ter contradittas, fico confesso mas como não falei em parentes, devo fiquar qua, para outro Auto, e se sa-hir neste serà a morrer, porque reçeo que não possa sofrer os tratos, e se assim for, hey de disdizerme, antes do que falar em VM ou em Thomar, e se qua ficar será neçessario, que minhas Irmãns se aprezentem, buscando primeiro alguem, que as ins-sine o que hão de dizer, e o que hão de responder, às ceremonias todas, e di-zer somente, que guardavão os sabados e o mais que este portador disser. A Joze cardozo de Lisboa pode vm mandalo chamar, para que as va in-dustriar que não se impliquem nos dittos huã, com outra, e dirão que as inssinou Cna Fra quando ahy esteve e que depois comunicarão com seu Pai, e comigo, e com minha tia, e que tan-bem a irman morta, vivia nesta ley; Bem sei minha mai que isto lhe ha de custar muito, mas milhor he fazer isto no Mosteiro, que vir a es-tes trabalhos e poderão praticar isto a Dona Mariana de Tavora, ou a seu confessor, e mandarem huã petição a Lisboa, que lhe mandem tomar, a conffissão; e para de todo ficarem seguras, será bom que se aprezente tanbem a netta de Martha carvalha pa q dem nella, que como he prima não açerte algum dia de lhe fazer mal ou a mim, que tendo sinal que se aprezenta, tanbém ey qua de dar nella, dizendo que hũm anno antes que ca-zasse, nos declaramos, eu ella, e mi-nhas irmáns sem falaremos em ceremonias, e nem mais que nas de guardar os sabados do modo que dirà este Portador; e antes destas aprezentaçõens, me pareçe minha Mai dos meus olhos, que vm mande chamar o Ledesma, e trate com elle de que se com Vm para Castella porq estes meus negoçeos estão qua muito maos; porque me dizem os Inquizidores que me tem cressido muitas testemunhas, e não sei quem sejão, e tem posto nos Autos, que não se pre-zume, que me inssinassem os ho-méns com quem fui ao Brazil, não me sendo nada, e tendo eu Pais que forão prezos; e tanbem que ha informaçõens, que eu me comu-nicava com pessoas que pellas ter encubertas, as não quero declarar; isto me tem muito enfadado, e como se qua fico este auto, me hão de cresser testemunhas, será forcozo para não morrer nas maõns de hũm Algôr, que fale em meu Pai, e em vm; e nas Irmãns dizendo que todos viviamos nesta Ley, ha treze, ou quatorze annos, e por isso digo a Vm que pessa ao Ledesma se va com Vm para Castella, Levando consigo o cabedal que ouver, que negocean-do com elle tanbem se ganharà para o sustento e para mais obrigar o Ledesma, lhe diga Vm que levem conssigo a filha solteira, que eu caza-rei com ella; muito me custa dizer isto a Vm e bem vejo que indosse Vm se perde toda a nossa fazenda, e que tanbem o Ledesma talvez esbanjarà, o que Vm levar mas por fugirmos a tão infame morte, perquasse antes tudo, que se eu soubera o que isto qua era a mim me não prenderão; e se Vm se for seja com, muita cautela, e não se aprezentem as irmáns senão de-pois de Vm ida e sendo assim falem tambem em Vm na aprezenta-ção, que ficão assim melhor, e vm saiba por alguma via se pode aprezentarsse, que pois sahyo livre não deve estar relapssa, e aprezen-tandosse vm as Irmãns, e Vm , tem todo este anno, pa o fazerem até o mes de Julho, e me dem sinal no primeiro dia de Janeiro em dando sete oras em Santa crus mandando Vm botar dous fuguetes, se as ir-mãns se aprezentarem, e se Vm se aprezentar, ou se ouver, de ir sejão tres fuguetes, e se tanbém se se aprezentar Maria correa sejão quatro, e se as Irmãns se não aprezentarem nem Vm se for, mande botar dous fuguetes, o segundo dia de Janeiro a ditta ora, que eu terei mão quanto puder, e as Irmãns po-nhão em seguro as suas pessas, pelo que pode suçeder, e Vm se tem ainda algumas, mandeas buscar, e ponhaas em outra parte segura, e com cautella, e se Vm estiver desapossada da fazenda requeira lhe desem-barguem a do auzente que não he nossa, e a orta que a pode Vm nomear em quem quizer; se as Irmãns se aprezenta-rem, não digão que me disserão quem as inssinou, que dirão la quem qui-zerem; e que depois de eu vir do Brazil, nos declaramos. Adeos

oje dia de Sam João

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload text