PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2107

1712. Carta de Francisco Rodrigues, padre, para um vigário de Bragança.

Author(s)

Francisco Rodrigues      

Addressee(s)

Anónimo356                        

Summary

O padre Francisco Rodrigues este dá algumas informações ao seu amigo vigário a respeito de um indivíduo
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Sr Dor e Rdo Vigro de Bragca continuelhe a saude pa fazer agradaveis serviços a Ds e dispor da minha o q for servo O portador desta (fora da comfissão sacramental), por mtas vezes me tinha manifestado estas vizois, e me suspendia a tenção por ser hum homem tido e avido por discreto e prudente, e bem proçedido: porem descomfiava por me dizer q aquelas vizois em q elle mais se suspende forão a tempo em q estava doente, e eu atribuia a q serião delirios q em semelhantes ocaziois he mto frequente, e des q passou dessa ocazião sempre se explica por sonhos, tambem descomfio dizendo elle as mtas vezes q tem visto as imagens de Christo não resplandeçerem nelle exteriormte alguãs singulares virtudes q era mto necesro porem eu sempre fazia comiguo esta conta q sendo secretos de Ds pa erudicão das almas, elle mesmo como autor delles avia de abrir o caminho pa os manifestar e des Desta manra me suspendi athe aqui sem avizar, e me dilatara mais tempo se VMce me não mandara, em cuja satisfação fui escrevendo tudo o q me dizia em qto ao esemçial, inda q no modo de falar me desviava por falar alguãs palavras pouco deçentes e tambem estou pronpto a escrever o mais q lhe aconteçer se VM asim me ordenar não sou mais lato o Ceo o gde como dezo em Va Boa de Carcão hoje de 9bro 20. de 1712 a

Servidor e mto Capto de VMce o Pe Franco Roiz

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textSentence view