PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2076

1755. Carta de Manuel Machado da Cunha, capelão, para António Alves Guerra, comissário do Santo Ofício.

Author(s)

Manuel Machado da Cunha      

Addressee(s)

António Alves Guerra                        

Summary

O padre Manuel Machado da Cunha conta ao comissário António Alves Guerra os ditos de José de Barros, filho de senhor de engenho, acerca das cartas de excomunhão.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snr Rmdo Dor Anto Alz guerra

Como não posso pesualmte me hir por aos pes de vmce por cauza de molestia o faço por meios destas regras o cappam Anbrozio Machado da Cunha Snr do emgo da guerra da freguizia de Ipoujuqua tirou duas cartas de escumunhões por varios furtos q se lhe tem feito e males de bois e bestas que lhe matão e publicandose estas na capella do seu emgo ouvi: a Joze de Barros filho do cappam Anto de Barros moradores no mesmo emgo dizer que não fazia conta de cartas de escomunhois e q com êllas alinpava: o cu: este dito tãobem prezencihou Joze Machado e como não posso hir dilatar: a vmce este dito pesualmte por falta de saude e crecidos, achaques o faco por esta pa que vmce como comisario do santo oficio ponha coubro em semelhante dito fico pa servir a vmce que Ds gde

Ipoujuqua 4 de fevro de 1755 De vmce Mto seu servo e reverente capellam o Pe Mel Machado da Cunha

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotationManuscript line view