PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2011

1725. Carta de Francisco Gonçalves Machado Carrina, padre, para seu tio, Jorge Fernandes, também padre.

Author(s)

Francisco Gonçalves Machado Carrina      

Addressee(s)

Jorge Fernandes                        

Summary

O autor escreve ao tio comentando uma troca de encomendas entre ambos e notícias recentes.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu thio e Sr foi me intregue a bota chea de vinho com otra satisfacão do q o de Maras sinto não vir do que me veio por ja estar acostumado a hele o q heu enRecomendei mas ja não a que Recomendar a nimguem não este de V m bon he ao q parece levo o Carvalho 5 Repolhos nos quais vai hum grave os mais piquenos levo o adro hum Repolho bastante de bon he grave Couza bona não vão mais por não aver quem os leve no negoCio q V m me da la do prezo de BraganCa Cuido niso a seu tenpo aceitarei Do que tiver feito que oje a de hir com mais sotileza do que tequei porque tudo se mudou intendo o Conseguirei cen dar nada Remeto a V m o ingoento que me mandou pedir pa as dores de Cabeca o mais piqueno veio de Coimbra Couza RiCa deumo o fo do governador que troxe pa sim anbos quentão se ao lume he pregãose nos parchoso mahior dira V m ao proprio por quem lhe mandei o otro he o q prometeu o boticario Coando se foi se quizer que o Miguel não seija juis avize me logo que o heu não uler nada não digo por mim mas não faltara quem ataque tudo De novo temos que os ofeCiais de liorne cortarão as pernas a hum santods gde a V m

Miranda e janeiro 2 de 1725 a

Mais de novo que Chegarão as bulas dizem Vai frei zidro deste Convento pregalas de seu sobrinho Franco MaChado Carrina


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload text