PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2009

[1724]. Carta de Francisco Gonçalves Machado Carrina, padre, para seu tio, Jorge Fernandes, também padre.

Author(s)

Francisco Gonçalves Machado Carrina      

Addressee(s)

Jorge Fernandes                        

Summary

O autor escreve a seu tio para o informar do processo em que está envolvido e pede notícias de negócios que têm em comum.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Sr thio faCa deligenCia se foi algum deses Cais pa Braga avisar me por q se não inContrem Com hum proprio q mando sabado ou domingo pa ver se Comsigo soltura porq Ca por via nemhuma acha o Bispo nem provisor nem Cobeiro openião em q me posa soltar q avonta agora si lhe chegou deveras de me soltarem esqueci o a notiCia da sentenCa em q o juis de fora ateima q em q o juizo esta enevido q pode o prelado mandarão a Caza do maCias busCar huma inivitoria e Como vem Com pena de exComunhão q senão intremetam mais nas Cauzas e de quinhentos Cruzados asentam q não podem q as deligenCias fizeram mas acordanse Coando não podem disme o Bisp e o Provisor não o alma perdida que la anda na vezita q me ConCerte Com os Cais heu dise ver prezo q me pagasem tudo coanto tinha gasto e Cederia de percas danos dias de pesoa q se estivese solto ou se me soltarem heu os tanjerei a grado não esta rezam se a prenCipio tiver a Cara q tem agora estava heu de bon partido meu rebate tenho q se os Cais Ca vem e aver ConCerto e o heu Comsegui soltura terei grande sentimto e mto mahior se o bispo me fas Ceder da Cauza que esta em braga em q o botefano me Condenou nas custas mas como estoura ante de desinganar q a outra me parece a de estrondar mais do q esta novidades são q o abade das duas igreigas na mezericordia estando o governador nela he hum Conde q esta degradado he duzentas pesoas a minha prensegio a sua inte a Comfisão e mal vae Como heu ja estava no Lim aCudi e tirei a minha vestimenta e dise q hera o Codore do pe Carrina isto se em mim hai de mi servio nisto por me desia Avizeme dese seu negoCio em q termos esta e se lhe fes camara ca q lhe dise amaro vas frra vale e a mai tan he la China aranhas picaro Ovi teria por benzer paula q me diserão tanbem intrarão aviseme destes q Ds mais não inporta rasgue ou queime logo esta pode avizar o corro q ahi vai sempre Catorio d alfandega Contra hele q heu não sei se he Couza em q lhe progadi que levo este proprio esta


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload text