PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS2001

1684. Carta de Manuel de Araújo, capelão, para um abade.

Author(s)

Manuel de Araújo      

Addressee(s)

Anónimo238                        

Summary

O autor pede a um abade que dispense a sua cunhada dos "bens d'alma", uma vez que há indícios de que o seu irmão se encontra vivo.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Snor abbade

festejarei q Vm pesua perfeita saude! Eu fico con saude pa o q Vm me ordenar de seu serviço Aqui chegou Das de Araujo minha cunhada a dizerme q a obrigavam pa q fizesse os bens d alma de seu marido, E porqto a min me consta por ditto de Phellippe Brabo q he hum homen q veio do BraZil, e pouzou junto a ponte de Guimaraes o quoal veio do Rio d S Francisco aon-de me afirmou q meu Hirmão Anto de Araujo Marido de Das de Araujo ficava mto valente, E isto avera dous annos pouco mais ou menos q o ditto Pheppe Brabo par-tio d onde ficava meu hirmão con saude, E de como asim o dice e q o conhecia por serẽ ambos naturaes desta Cidade, e q o ditto Anto de Araujo ficava con vida? o afirmo in verbo saçerdotis. E juntamte ahi vai hũa carta en duas folhas de papel q foi escripta fes en agosto passado sinco annos como consta da era en ella escripta da quoal carta eu ja afirmei debaixo de juramto en hũa carta q a Vm escrevi, E o afirmo ser a letra sua por a conhesser porqto o ensinei a ler E ser meu hirmão, E constando q he elle vivo, e obrigalla a fazer os bens d alma, E depois se segue fazerlhe inventario, e tudo o mais q dahi se segue paresseme q en conçiençia não pode ser. isto faço a saber a Vm pa q Vm não fassa gastar a essa pobre en justificar juridicamte visto afirmado con esta verdade q ao saber! ou constarme a min q meu hirmão era falecido eu mesmo avia de ser en mta ajuda pa q lhe fizessem os bens d alma, e não bastando isto se justificara pello homen q trouxe a carta q ahi vai escripta en o anno de 1679 ad e con o ditto Phellippe Brabo, E con reconhecimto da letra dessa carta! porem se Vm puder evitar estes gastos, e travalhos fas esmolla a ditta Das de Araujo, E a min favor ficando sempre serto pa o q se offeresser do serviço de Vm. dezbro 1 de 1684

Capellam de Vm O Pe Manoel de Araujo etc. En Orgães

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textSentence viewSyntactic annotation