PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS1033

1760. Carta não autógrafa de Rosa Maria Egipcíaca, escrava forra, para Pedro Rodrigues Arvelos, lavrador.

Author(s)

Rosa Maria Egipcíaca      

Addressee(s)

Pedro Rodrigues Arvelos                        

Summary

Rosa toca em assuntos espirituais e em assuntos correntes. São de salientar a alusão a uma demanda na Justiça, a referência ao porte de cartas entre o Rio e São João del Rei (Minas), as notícias sobre duas filhas do destinatário que estão no Recolhimento de Nossa Senhora do Parto, a autorreferência enquanto "criatura de cor humilde e pobre" e os conselhos sobre o envio de uma escrava do destinatário para o Rio de Janeiro.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

J M J J A

Meu mto querido fo e snor Compadre Pedro Roiz arvelos Resebi a sua Carta Com sumo gosto por me dizer Lograva saude e ma filha e Comadre e toda a mais familia Ds lha Comserve por muntos annos em seu santo serviso e tãobem estimei mto que viese pa baicho porque ja eu e o meu Padre e as meninas estavamos Com cuidado e desconfiados q o portador não chegaria a tempo por Cauza da sua perna porq emqtao ca esteve esteve Com ela doente e chegou ja Com ela molestada e tãobem estavamos Com o Cuidado não lhe sobreviese algũa grande dor que não pudese andar pelo Caminho; eu Ca emtreguei ao Snor das mizeriCordia a sua Cauza ele permita esqueserse dos meus agravos e emgratidoins e mas Comrespondensias dos seus benefisios que me fas e por; os seus devinos olhos de mizericordia e clemensia na Cauza de vmce e dar a Cada o q for seu; Ca resebi a esmola q; me mandou seja pelo amor de Deos noso Snor permita acresentarlhe mais e mais o amor de Ds e a Caridade do proximo pelas esmolas q; fas aos pobres nesesitados e Como a nosa Constituhisão he pobre e não tenho eu e as minhas filhas senão aquilo q nos dão pelo amor de Deos porq a Religião está no prinsipio da sua fundasão e opremida de desprezos e escarnios e Com isto mesmo me alegro eu e elas tãobem porq o noso general Cristo Jezus asim andou no mundo ele permita que sejamos verdadeiras ovelhas do seu Rebanho e nos grasa pa pastarmos no pasto da pasiensia e Resignasão Com a sua vontade porq aqueles q me dão algũa esmola para Repartir com elas eu lhe digo a elas q oferesão a Ds aquelas esmolas nas suas orasois Como victima de secorro por tensão de quem as pa q a devina providensia despois Remunere na vida e na morte e as depozite nos meresimentos de seu Santisimo fo e sua May Santisima para despois darem em Remisão desculpas e pecados e perdão delas a Cada dos fiẽis exzersitantes das esmolas; Ca vi o primo da minha filha e Comadre estando eu Com o meu Padre que esta de cama qdo veio emtregar Emtregar o dinheiro pa o gasto da demanda faleilhe na saudasão quando entrou para dentro e meu Pe me dise que hera ele ele não me tornou a falar mais nem me proCurou isto digo pelo q vmce me dis na sua que se me pedise algũa Couza que lho dese q me pediria este pedir a hũa Criatura de cor humilde e pobre ou o q lhe poderia eu dar se fose pecados que eses tenho eu de abundansia e de sobejo eses não havia ele querer e asim não tinha nada de meu q lhe dar porque de maldade e emgratidão sou eu Senhora eu folguei de o ver he bonito he gentil homem Ca falou Com suas primas e o Snor o fasa hu seu servo e o emcha dos seus devinos dons e amor e a Snra Santa Anna o tome a sua Conta tãobem vejo a vmce dizer que Reparou não falar nas meninas o Como vão e Como estão na ma Carta Como elas antão tãobem esCreverão ese foi o motivo por donde não falei nelas ou para milhor dizer foi esquesimento do sentido para eu dizer Como elas estão; ese sentido de vmce perguntar o Como estão eu o não emtendo porque ha munto sentido de perguntar Como estão se vmce pergunta Como estão do Corpo Respondo que estão boas de saude e se vmce me pergunta o Como estão de espiritos que quer dizer Como estão no espiritual que o ultuymo fim para que esta Caza foi fundada e a devina Magestade as foi buscar para seus maiores aproveitamentos e de vmces todos diso não sei para Responder sei para me Calar e sei que elas estão munto Contentes Comforme a sua Confisão dando parabens a sua dita de Deos as trazer para sua santa Caza Como elas me não descobrem os entriores das suas almas não sei o que neles pasão das duas piquenas sim que a mais pequenina tem mta devosão Com o espirito santo para lhe emsinar mtos versinhos ao Corasão de sua Mai e a outra tãobem he lumiada porq Como são mais menores na Idade podeselhe traser as Condisois e pinitensialas para sugeitalas a obediensia e humildade e he o que se pratica na vida espiritual em todas as Religioens e em toda a Reforma de vida por hiso he q ha nas Religioens Mestres espirituais e Padres comfesores para exzer Exzersitarem os prinsipiantes nas obediensias mais arduas mandandolhe couzas mais Repugnantes aos seus genios e Castigandoos e Reprehendendoos outras vezes lhe dizem Couzas q não são asim pa ver se elas desculpão e quem obedese ha de meter o seu livre alvedrio debaicho dos pes de quem manda humilde e obediente e manso supondo que quem manda houvindolhe a sua vos houve a vos do mesmo Snor para lhe obedeser humildes e Contritos; em todos os Confesores e mestres de espiritos fala o Snor e aqui neste Santo Colegio com espisialidade fala o Snor Com este seu piqueno Repbanho porque se deicha perseber ver e Conheser se he ele o não aqui fala o Snor Com amor e queichumes de emgratidão de todo o seu povo espesialmente dos que morão Com ele e tãobem emsinandoos Como o devem procurar buscar e achar tãobem fala a Justisa Com zelo de Reprehensois aboninando as Culpas e aniquilando a soberba fala o Snor Como mizericordiozo e Pai noso fala a Justisa Como Juis que nos ha de julgar do bem e mal que fizemos; tãobem falão as Criaturas em aamor e Caridade huas Com as Criaturas outras em união da Congregação porque dis o mesmo Senhor que aqueles q não temerem a Justisa não havera mizericordia para eles; porque; se o conhesem mizeriCordiozo para perdoar e salvar as nosas almas tãobem o hão de Conheser justisa Recta e Juis severo asim Como he piedozo; e amavel e quem asim não; ponderar vai emganado; hũa ves o Snr me dise na orasão que disese as minhas filhas que no seu Reino não entravão senão os humildes do Corasão porque os soberbos e Ativos que la havia que os lansou fora e os sepultou no abismo por hora he o que poso dizer a vmce do que vmce me dis na sua porque quem obedese não ha de ter olhos para ver o q lhe mandão nem Corasão para Retrahir o que lhe dizem em fazendo qualquer Couzas destas he dezagradavel os olhos do divino; amante porq ele he todo puro e fino não se une Com a grosaria do noso emtender Contrario ao seu Mandato no que Respeita a Maria Banguela vir para esta sidade para hir para a fazenda hiso não pode ser porque la está o Snor Doutor e o Snor Lucas Com os seus negrinhos e hũa preta que ele tinha vendeua pela não levar la e deichou a mulher sozinha sendo ela doente e ela queria hir para donde elae está e ele Reziste dizendo que não quer la mulheres venja vmce antão não querendo elae la sua molher Como ha de querer a preta isto he que pasa na verdade as meninas la esCrevem a vmce Meu Padre está mto doente está na Cama ja vai por tres somanas vmce me dis na sua q o Sor Pe João Ferreira ja me mandara Resposta da Carta que lhe escrevi digalhe vmce q ainda Ca não Chegou, eu ao prezente fico de saude Como he vontade de Deos aseitẽ vmces muntas e muntas saudades minhas e lhes emvio as bensois dos meus santisimos Corasois e a minha e ao meu afilhado e mais as mais snras mosas pa que noso Snor e sua Mai Santisim abensõe a vmce e a toda esa nobre caza e lhe dẽ forsas Com Comformidade para Levar a sua Crus athe o fim da viageẽ que iso he o sensial aseite vmces mtas Lembransas de todas as minhas filhas espesialmente das Coatro Anna fransisca do Sacramto Maria Roza do Corasão de São Joze Anna do Santisimo Corasão de Jezus e Anna do Santisimo Corasão de maria e de ma Mai Liandra e de Maria Antonia e da Irmaã Regente e vmce dara mtas Lembransas ao Snor Mel Lopes q adgradeso mto a sua Lça e o dezejo q tem de me ver e ma mai fas o mesmo os santisimos Corasois lhe dem o premio da lembransa q teve de nos e deme mtos Recados a todas a esCravas e escravos de caza e Com isto não emfado mais a vmce que Ds Gde muntos annos em seu santo serviso e na sua devina grasa hoje 12 de setembro de 1760

De Vmce Mai e Comadre munto obrigada Roza Maria EgysiaCa da vera Crus

Remeto a vmce esses papelinhos do snor São Joaquim q lhe coube por sorte a vmce e a minha Comadre este Anno de 1760 pa o de 1761 eu soponho q o santo qr q o sirva q tendome esquesido o Sto mo lembrou a meia noite


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view