PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS1032

[1759-1763]. Carta de Maria Jacinta dos Anjos para a mãe, Maria Teresa de Jesus, mulher de lavrador.

Author(s)

Maria Jacinta dos Anjos      

Addressee(s)

Maria Teresa de Jesus                        

Summary

Maria Jacinta escreve à mãe e fala-lhe sobre Deus e sobre a sua mestra, Rosa Maria Egipcíaca.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Minha May e Snra estimarei q estas limitadas regras axhem a vme asistida di perfeita saude em companhia de Meu Pay e Snor e de toda a nobre caza pa disporem da ma q o prezente he boa seja Ds louvado Minha May e Snra prostrada vou a seus pes buscando o perdão das desobidiensias e rebeldeas q lhe fis pidindolhe pelo amor de Ds q mi perdoe e mi deite a sua bensão e me alevante esta maldisão soposto q vmes ma não deitarão tenho a de Ds pois qm comete tais disobidiensias contra seus pais não merese perdão senão castigo eterno mais espero na bondade de Ds de vmes e na mizericordia de Ds q me an de perduar ainda q não mereso o perdão Ds me a de valer porq ele não dispreza os pecadores ou q se ele disprezara aonde estaria podbre de mim sepultada nos abismos do inferno penando pa sempre sem ter de qm me valese nen de Ds nem da virgem maria para aonde se viraria a minha pobre alma sem ter abrigo nenhum ou triste de mim q não sei cunheser tão grande bem q por valia de Minha May Snra Roza he q axemos este tão grande bem senão q seria de mim se estivese la nu seclu talves q Ja estivese na tera da verdada ai q contas daria da minha tão estragada vida mais ainda mi dei por mal afortunada q dipois de ca estar creria tornar a sair ai triste de mim se saise outra ves aonde estaria Ja penando sem remedio e não sei dar as grasas a Ds por ter os pais q tenho q os milhares de linguas q ão nu mundo não saberão esplicar este tão grande misterio e tão imefaveis grandezas q noso senhor lhe a de pagar o bem q me fes de m trazer pa este santo colegJo vme mi ponha aos pes de minha Madrinha e da Snra Mariana com mta saudade a Minha Madre Regente e toda as mais Irmans se recomendão mto saudozas i en particolar Irman Maria Antonia e ficamos todas esperando por vme sedo e cuando vme vier traga as criansas todas porq se vme ca vier la não ha de tornar se Ds quizer e Anna Maria eMerinciana e felis mtas e mtas saudades q eu nunca mi esqueso deles Anna tãobem não si escuesa di mim e as Raparigas e as mais pretas de caza mtas saudades e q mi emcumenden a Ds e tãobem recibi a esmola q mos mandou a cual noso Snr lhe ha de dar o pago i com isto não enfado mais a vme a Qm Ds Gde ms ans

De vme Filha mto amte e obidiente Maria Jaçinta dos Anjos

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotationManuscript line view