PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS1002

1644. Carta de Manuel Ramos de Lima, vigário, para Diogo Brandão, abade.

Author(s)

Manuel Ramos de Lima      

Addressee(s)

Diogo Brandão                        

Summary

O vigário Manuel Ramos escreve ao abade Diogo Brandão dando-lhe notícias e conselhos sobre o quotidiano em Lindoso, paróquia da responsabilidade do destinatário.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Como esCrevi largo por anto dominges, não quero emfadár mais a Vm a quem estimarei q esta ache perfeita Saude Como deseja; e pa tudo o q for do servisso de Vm a tenho de presemte seja snor louvado. não de presente novas nesta terra de q faça a Vm sabedor, mais q estár domingo q vem dés deste més esperando pelo snor Comde q mandou diser vinha vér esta orfa fromteira não sei se se dilátará mais a vinda. Espamtome mto nam mandár Vm vemder esta Renda e tratár dos enxames q estám mto mal por disimar, e Com mta perda de Vm; e se ouver mta tardamça peor será, Vm faça o q for servido, e mandeme tambem no q eu fassa, sendo de prestimo, q o farei Com sám votave. se ouvér algũas baralhas de Cartas Coridas façame Vm m mandarme hum pár. estimarei saber a Comta q deu o Cunha e do pám q deu o Rateiro, q Com a falsa exCommunhão, muito se devia aCresemtar nas Contas. Vm me mande em q os sirva, e novas Suas e do snor Brás brandam, e do ssnor Rui brandão he mais Senhores a q Ds apmente a vida Com tudo o mais q desejão. Lindoso e. de abril 8 de 1644 annos Capellão de Vm e servidor Mel Ramos de Lima


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotation