PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS0310

1823. Carta de Cândido de Almeida Sandoval, publicista, para Simão da Silva Ferraz de Lima e Castro, Intendente-Geral da Polícia da Corte e do Reino.

Author(s)

Cândido de Almeida Sandoval      

Addressee(s)

Simão da Silva Ferraz de Lima e Castro                        

Summary

Cândido de Almeida Sandoval participa ao Intendente que está disponível para obter informações junto de outros presos.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Illmo Senhor

Dezejando não perder momentos que poderão sér preciósos para a cauza d' El Rei, e da Patria, que sempre servi; fortefico hoje uma idea que apenas hontem ennunciei: e he a seguinte: N'esta cadeia se áchão á tempos presas pessoas que, segundo noções, devem conhecer o emportante negócio de que hontem tratamos: estas pessoas conservarão o segredo não obstante todos os apprestos judiciarios por que passarão; se VaSa julgasse conveniente pôr-me em livre contacto com os mencionados presos, estou quasi certo, que d' elles obteria confidencialmte importantissimas revelações, as quaes conbinadas com as que ja fiz, poderia priencher o objecto a que voluntariamte me havia, proposto, e que tão solennemente prometi a S M nosso Soberano. Tãobem dezejo que VaSa tome em consideração que o Brigadeiro Azevedo, poderá muito bem sér a personagem de quem mysteriósamte Caetano me fallou; pois dous motivos me fazem assim suppór: o 1o he a repugnancia que éste teve de avistar-se comigo, a qual pode nascer d'uma nóta inserida n'uma das folhas do meu Óraculo, na qual digo, "Em Lisboa se paceão certos figurões, que n'outro tempo fizerão altas dilligencias para me extrair morto ou vivo d' Hespanha, pára o que offerecião sommas immensas" Estes figurões entendesse por Azevedo, e Stabres, então Commandante general do Alentejo: o 1o mora ao arco do Bandeira; e converia observar se Caetano o frequenta, pois em tal cazo teriamos dados approximativos dos quaes facilmente estabeleceriamos um angulo probablidades, que nos conduziria a evidencia. He de meu dever fazer esta nota VaSa d'ella fará o uzo que julgue conveniente.

Illmo Senhor, Sou de VaSa attento Venerador Candido Almeida Sandoval. Lisboa 19 de Septembro de 1823.

Confidencialmente


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view