PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS0141

1823. Carta de António Simões Machado, capelão, para o provedor.

Author(s)

António Simões Machado      

Addressee(s)

Anónimo 25                        

Summary

António Simões Machado pede ao provedor que entregue ao corregedor a carta em que relata o assalto de que foi vítima.
Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Illmo Snr Dr Provedor

Dizem-me agora não ser VSa, mas sim o Snr Dr Corregedor déssa cide o encarregado de conhecer ácerca dos ladroins da Carapinheira, e campo de Coimbra; e q este Snr me mandara dizer por Frco Pinheiro da Porcarissa, dipois de o inquirir, q lhe partecipasse eu qm me parecia serem os que vierão a ma caza, pa matar-me, e roubar-me. Supposto pois q não posso dizer fizicamte qm forão os agressores, comtudo, exporei o juizo q fasso, e nelles não costumo enganar-me, principalmte como n'este, onde deduzo de principeos. Admitti em ma caza, de cama, e meza, á ma meza, huns forasteiros Martinho Jose Fontoura, e seu filho Thomé Luiz Fontoura, soltro pa me fazerem hu Orgão de parede na ma Igra, sem ajuste algũ mais q dando-lhe eu cama e meza, e a seu fo, e de comer a duas egoas suas fizesse orgão como quizesse, e lhe desse o q quizesse; tendo precedido qdo pro falei em ajuste, q elle me pedio 12 moedas, por accrescentar o Orgão desbaratado q havia; e 20 por me fazer Orgão novo. Dito isto por mim ao Povo, na Igra, diante delles, concorreo este com as suas esmolas. Passado tempo, disse-me q queria mdar buscar a Evora a sua familia, mulher, fa, e outro fo Emprestandose-lhe humas cazas, foi elle, e os fos dormir , ficou sua filha de cama, e meza, no quarto de mas sobras, porq disse elle terem as cazas pouca capacide; passei então a dar-lhe pa 8 arrs de vaca por semana, carne de porco corresponde tb huma garrafa de vinho, e pão de 40 rs ao jantar, e o mmo á noite; vindo elle almossar todos os dias com sua fa, e tambem os dois filhos; e ao jantar vir elle sempre pa a ma meza. Disse-me dipois q queria comprar humas cazas, e estabelecer-se aqui; dipois queria accrestallas; e lhe fui dando dro , dizia elle q por não trocar, até 16 moedas; e então tive com elle hũa fala, dizendo-lhe q não obstante ter-me elle confiado o arbitrio de dar-lhe o que quizesse, de suas maos, pela factura do Orgão, q como elle tinha pedido pro 20 moedas, essas mmas tinha eu tenção dar-lhe; e porq tinha crescido da pra tenção o ficarem as trombetas pa a frente no q elle havia dito ter mais trabalho, por este, mais 10 q herão 30 moedas, q eu tinha na ma tenção completar-lhe. Respondeo-me q nem hera mto nem pouco. Continuando a receber por parcellas; acabadas de receber as 30 moedas, travou dezordem de de maior; e veio ter comigo dizendo ter-lhe eu promettido a 2400 por dia; e citando-me tractamos a cauza; e vendo elle q ninguem lhe dava razão, vozeava q eu lhe havia de pagar; ou por huma sorte, ou por outra: e q mmo á cama me havia de vir tirar a vida. E com effeito estando a demanda pa dar-se a meu favor, segdo as testemunhas contraproduccentes, foi então a ma catastrofe. Fr Miguel, Franciscano, daqui natural, ans andando por aqui apostata ( como agora ) amancebado, fazendo roubos de toda a ordem; não se attrevendo o Provincial a vello prezo pelos Leigos q mandava pa isso, o fiz prender por Meliciannos; e querendo rezistir às baionetas, em caza da concubina, prezo disse : tenho penna não o saber meia ora antes, pa fazer hir cear com o diabo, sugeito. Foi pa o convto de Lxa; porem de logo pa o de Gouvea, e dahi pa o da Povoa de Sta Cristina, junto ou perto de Tentugal, por ser perto da sua terra: e logo passou a viver em caza de Luiza Rama, sua concubina, no cazal do Méco, ahi perto, onde he o acoito dos ladroins, de qm elle he o capataz, sgdo a voz publica, e constante. E como o do organeiro q he por fora mansa ovelha, e por dentro lobo devorador, procurou perder-me por todos os lados, e até malquistar-me com amos meus; e metter intrigas pa com todos aquelles q de mim tivessem algũ recentimto em algũ tempo: he o meu juizo q elle fosse ter com o do Frade, pa se vingarem matando-me segdo o promittido; e roubando-me, segdo o seu officio; pois o do Martinho está criminoso em Bragança, por morte e roubo, alem do q se não sabe. Demais, achando-me eu, qdo no pro sono, com mãos crueis, a afogar-me; saltou logo a acavalar-se em mim q fincando-me as mãos no pescosso, a querer-me afogar tambem, disse por trez vezes - oh cão e logo aqui o coração me dictou q ninguem hera capaz de mostrar-me aquella vingança, senão o do Frade; e mmo pelas pernas grossas a cavalo em mim, o ajuizei como certo. Logo disse da pte de fora da janella - ahi vai a faca - servente de dentro do quarto, a foi buscar, e a deu ao ameaçador; e então nascendo dos pez da cama, hũa luz, de lanterna de furta fogo alumiou por mim assima , me metteo a faca pela face direita abaixo, encaminhada ao pescoço; então agarrei a faca pelo corte, e lutando com a mão esquerda, q a agarrava, concegui tirar-lha; e logo deixando-me elles, a deitei pela janela fora; mas empeçando no peripeito, cahio no sobrado, á cabeceira da cama; então disse o tal de fora : ahi vai essa pistola: o servente lhe pegou, e a viio dar ao executor; e tornando a nascer a luz, estando pa atirar-me, disse o servente : está a faca, esta a faca ; consegui tornar a tirar-lha: mas embrulhando-me capotes o braço, e mão, ma tirarão: tractou o aggressor outro meio; passou pa parte da parede, e fincando-me as mãos no pescosso pa arremessar-me pa fora, ajudando os outros, afogando, e puxando outros, me vierão trazendo; e vindo eu com o corpo meio fora da cama, vi abrir a porta do quarto, entrar ma Pra, e logo seguindo-a, ma sobra mais velha: e logo disse aquella : não matem meu Pro, matem antes a mim. logo se lhe arremeçou ao pescosso, e a deitou no sobrado o do servente, e disse: agarrem tambem pa aquelle diabo; Ma sobrinha fugio com o capote rasgado; empeçou na mais nova q tambem vinha, e a offendeo no peito; e ou porq elles as viessem procurar, e não soubessem o corredor, ou porq viessem tomar posse, supondo a morte feita, eu vi qdo meio deitado no sobrado, dois, ou trez, na salla do jantar: e estando o agressor a cavalo em mim, e a luz a alumiar, pa se me meter a faca no pescoço, então saltarão seguidamte trez de fora, rapidamte passando entre mim, elles q me seguravão, e a parede, a saltar pela janella fora; e ao passar, dizendo: fora , fora Logo q estes trez passarão, foi o servente aldravar a porta do quarto, segurando a aldrava, emqto os mais hião sahindo; o qual foi o penultimo q sahio; e o ultimo, foi o agressor, q ao levantar-se de sima de mim, poz a mão na parede, onde ficou, e está esculpida a mão com o sangue, e juntamte a manga, q bem se ser de abito, pela largura. O meu juizo pois he q o agressor foi o do Frade: O q da pte de fora ministrava, hera o do organeiro; e o servente q agarou ma Pra e ficou dipois a segurar a aldrava, hera o fo deste; e mto mais porq os da Carapinheira q vierão nunca me entrarão em caza, e por isso não sabião da aldrava ali, nem aldravão com tanta presteza como este q tem dormido, e assistido em ma caza mezes; e a vonte q mostrou a ma Pra e sobra foi por terem lançado fora honestamte a da filha do Organeiro, por não convir em caza, do q mto se escandalirão, por não comer, mas não mostrarão o escandalo, senão dipois de recebidas as 30 moedas, porq se lhe acabou a chupança. O instrumto de q a Provida se valleo, pa obrar o evide milagre de me não acabarem de matar, foi q passando os dos trez a salla do jantar, dahi por entre as portas q estavão justas, virão luz na salla; e a passear escarrando, Parente meu; e por isso logo q o perceberão, partirão: fora fora - Eis aqui em qm tenho suspeita. Emqto aos companheiros do do Frade, os da Carapinheira, isso he decedido; porq, tendo sido vistos rodear-me a caza, e se hirem, forão nessa noite roubar a Jose Caetano, de Cordinhaã , do que agora se está conhecendo em cantanhede, pelo Menistro dali , e na vespera do dia da ma infelicide, da meia noite, pa huma hora, forão vistos passar no Lugar da Penna, e no de Cordinhaã, com nu-mero de 15, affora os que os esperavão, pa o q derão aquelles tiro, nos pinheirais, aqui perto, q eu ouvi. e pencei ser á espera da lebre; bem como tinha ouvido outro, no dia em q vierão, e não puderão fazer a empreza, q hera a 3a vez q vinhão, segdo lhe ouvio huã pastora. Eu fui avizado, de q me tinhão revistado as cazas, mas D Franco cruzio, em quarto, sua Mana, em outro, seu Mano, na salla; e mas sobras e Pra em outo, em cazas pequenas, q poderia temer? E como a VSa mandei a primra partecipassão, pençando, como me havião dito, ser o Menistro encarregado, e agora me dizem ser o Sr Dr corregedor, rogo a VSa por bem do publico, queira fazer-me a Mercê de entregar esta ao do Sr; pa q sendo verde o ter-me mandado o avizo do lhe sirva esta. Aos mesmo tempo offereço a VSa e ao do Snr a ma inutilide

Sou De VSa com todo o Respto Cappellão; e mto attento affo vndor e obrmo Antonio Simoens Machado Rezida de Murtede 18 de Dezbro de1823

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence view