PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
Maarten Janssen, 2014-

CARDS2022

1723. Carta de Francisco Gonçalves Machado Carrina, padre, para seu tio, Jorge Fernandes, também padre.

Author(s) Francisco Gonçalves Machado Carrina      
Addressee(s) Jorge Fernandes      
In English

The Inquisition archives contain, apart from the around 40 thousand individual proceedings ("processos"), a collection of scattered charges, for which the Inquisition "Promotor" had to decide whether or not to prosecute. Complaints, confessions, letters by the commissioners or about different stages of each proceedings are some of the document types that can be found in these books. This letter has been kept among such documentation.

If there is no translation for the letter itself, you may copy the text (while using the view 'Standardization') and paste it to an automatic translator of your choice.

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Meu thio e Sor suposto dezia a V m no esCrito do joaquim o Conigo não avia de pedir nada se lo não devesem suponho repararia hera hum esCrito aberto e portador o joaqui q suposto la falava em fogaCas he porque tive Carta q me mandaram 3 e deume 2 e asim te qui tenho detido o Conigo por minhas moles sempre faCa a petiCão ao juis de fora pa q o barbeiro pase a Certidão jurada a petiCão he di fulano q pa bem de sua justa e Certos requerimentos q tem parante o Mto Rdo dor Vgro gal lhe he neCeCario q o barbeiro lhe pase por Certidão em Como tanto tenpo q esta doente de Cama pella mande pasar jurada e mande esta Com a proCuraCom pela sua mau ao letrado em Carta fechada e Com isto se a de tapar inte pasar os Reis q ao Conigo não lhe falta medo Dis q o pe de altar so he obrigado pagar metade e que emtam tanbem V m lhe a de pagar 2 ou 3 samjoaneiras de Argo q Coberou V m e vase em que não mande logo as Certidois ao letrado Com isto q digo não inporta q venhão mais tarde e as pagas do Conigo se se resolver a porssuaCão avisarei a V m remeto a V m o testemunho in carne do homem e veija a vista dele Coal de nos tinha rezam e lealo pa ver se dis he asim ou não e logo o rasgue a minha apelaCam Custara a despedir os Autos daqui 3 moedas e asim se não tem vendido alguma Couza mais venda e por este me mande algum dro q torna Ca e he neCeCario dro pa quem for levar os Autos a braga q me tem prometido o janeCo e he o que me Comvem a respeito de que me he neCeCario q me meta hum memorial ao sr ArCebispo e intregar humas Cartas ao Bispo De anel e diga tudo asim Como foi dizer a mi-guel Luis que fora a tirar a janela de ana pires e de noute fora ter Com V m mas a ha pesoas que nem a si proprio se podem incoberir pois o Cam asim Como mo dise a mim tambem o tera dito a quem o quiser saber e ouvir e asim he q se provam muitas Couzas e no fim dis e heu Cudi que nada dezia vai Com estes risCos pa que o não de a ler porq como esta asim pode soceder e pa q faCa reparo he que vão os riscos diseme o prelado q faltava a justa se me levantava ominaije e que ja faltara em me lanCar fora Do aljube Ds gde a V m

M-iranda e dezenbro 10 de 1723 a de seu sobrinho Frano MaChado Carrina

A sra Maria da roza me pedio manDase preguntar se tinha notiCia se o juis De fora hia pasar a festa a outro e lo manDase dizer a respeito de que vão fazer a festa de sante estevão e tem reCeio lhe oCupe as Casas onde vão Com a mira


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload text