PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

CARDS4008

1638. Carta não autógrafa de João Mendes Bulhão, cardador, preso na cadeia pública, para Jerónimo Gomes.

SummaryO autor faz ameaças veladas ao destinatário e pede-lhe ajuda por estar a passar necessidades na prisão.
Author(s) João Mendes Bulhão
Addressee(s) Jerónimo Gomes            
From Portugal, Évora, Estremoz
To S.l.
Context

A presente carta de súplica e ameaça fora escrita a pedido de um preso da cadeia pública de Estremoz, que a terá perdido aquando da transferência para o cárcere da Inquisição de Évora. O preso era João Mendes Bulhão, meio cristão-novo, cardador, de 46 anos, natural e morador em Estremoz, acusado de judaísmo.

Dentro do fundo do Tribunal do Santo Ofício existem as coleções de Cadernos do Promotor das inquisições de Lisboa, Évora e Coimbra. O seu âmbito é principalmente o da recolha de acusações de heresia. A partir de tais acusações, o promotor do Santo Ofício decidia proceder ou não a mais diligências, no sentido de mover processos a alguns dos acusados. Denúncias, confissões, cartas de comissários e familiares e instrução de processos são algumas das tipologias documentais que se podem encontrar nestes Cadernos. Quanto ao crime nefando e à solicitação, são culpas que não estão normalmente referidas nestes livros.

Support a carta ocupa o rosto de um oitavo de folha de papel.
Archival Institution Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Tribunal do Santo Ofício
Collection Inquisição de Évora, Cadernos do Promotor
Archival Reference Livro 215
Folios 10r-vA
Transcription Rita Marquilhas
Main Revision Cristina Albino
Contextualization Rita Marquilhas
Standardization Rita Marquilhas
POS annotation Clara Pinto, Catarina Carvalheiro
Transcription date2000

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

senhor Jerónimo guomes

Eu paso muitas nisisidades aqui nesta caza pro me tre aqui antonio guomes pro seu guosto peresendome sem lho eu dever mas o q eu lhe alenbro a vose q fransisquo teles de pina me levara caminho D evora proq tenho de q me acuzar e sera pro toda esa semana se Deos quizer e antão la mi virei con antonio guomes e con os mais senhores a quem eu tenho obirgasão mas o q lhe alenbro q a de ser mais sedo do q voses cuidam con isto não sou mais larguo grade deos a vosa vm

João mendes bulhão neto de janna mendes ramela

fasame vm de mi mãodar uma esmola proq paso muitas nisidades e me pereso aqui nesta caza seja pro amor de deos


Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload current view as TXTSentence viewSyntactic annotation