PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
Maarten Janssen, 2014-

CARDS0240

1822. Carta de Francisco de Alpoim e Meneses, negociante, para Francisco António Borba, [seu solicitador].

SummaryO autor dá notícias políticas ao destinatário, incluindo a da independência do Brasil. Pede notícias da Galiza, alegando que a Braga chegam mais genuínas do que a Lisboa.
Author(s) Francisco de Alpoim e Meneses
Addressee(s) Francisco António Borba            
From Portugal, Lisboa
To Portugal, Braga
Context

Processo movido em 1822, na sequência da revolução liberal, aos protagonistas de uma tentativa contrarrevolucionária. O Diário do Governo dava conta da forma como o evento foi compreendido pelo poder estabelecido (edição normalizada do Diário do Governo, n.º 129 (Suplemento) 2 de junho de 1822.): «Acharam-se finalmente provas irrefragáveis da verdade com que o Ministro da Justiça expôs ao Soberano Congresso a necessidade de uma extraordinária autorização, que lhe foi concedida, para segurança pública e da Santa Causa da Pátria. Os malvados anarquistas e ambiciosos conspiradores maquinavam nada menos do que barbaramente ensanguentar a nossa feliz Regeneração, cobrir de luto a Pátria, depor o Rei e derribar as Cortes! Porém abortaram todos os seus nefandos projetos; descobriu-se a conspiração, e, na noite de um para dois do corrente, foram presos pelo Corregedor da Rua Nova os principais instrumentos da conspiração, ao mesmo tempo em que da Imprensa da Rua Formosa, chamada a Liberal, iam levando para espalhar grande número de incendiárias e infames proclamações [...]. Os presos, 'atégora', são: Francisco de Alpoim e Meneses, que se ocupa em tratar negócios de sua casa [...], Januário da Costa Neves, Cavaleiro da Ordem de Cristo, Oficial da Secretaria Militar do Exército [...], Manuel Ferreira, criado de servir [...], João Rodrigues da Costa Simões, aprendiz de composição em uma 'typografia' [...]"».

Entre a correspondência apreendida aos presos, figuram algumas cartas particulares e de amizade que aqui se editam.

No mesmo processo em que foi encontrada esta carta, existia uma outra que se presume ser uma cópia da CARDS0240, reescrita por um secretário.

Support meia folha de papel dobrado escrita nas duas primeiras faces.
Archival Institution Arquivo Nacional da Torre do Tombo
Repository Casa da Suplicação
Collection Feitos Findos, Processos-Crime
Archival Reference Letra G, Maço 1, Número 31, Caixa 5, Caderno [28]
Folios 88r-v
Transcription Cristina Albino
Main Revision Rita Marquilhas
Contextualization Cristina Albino
Standardization Catarina Carvalheiro
POS annotation Clara Pinto, Catarina Carvalheiro
Transcription date2007

Javascript seems to be turned off, or there was a communication error. Turn on Javascript for more display options.

Sr Francisco Anto Borba

Hontem ultimo de Maio recebi a cau-tela de 20 $ rs q me remeteu a qual hei de cobrar no dia 4 do correte Fiquei comtudo mto desgostoso por me não dar no-tas suas, as quaes me são sempre gratas e mto préso; permita Ds q não fosse por falta de saude; porem era dia de grande função no Bom Jezus, e de mto trabalho na sua caza, por isso fi-co descançado qto a motivos de molestia. Óra pois, em podendo escreva, q me da mto prazer nisso. sube hontem dos desterros q tem havido nessa cide; são fructas do tempo!. As novides aqui são de grande vulto, e como vão inseridas no Diario, por isso as não refiro; porem o Brasil foi-se!!! Diga-me o q vai pela Galliza, q as notas aqui chegão quazi sempre des-figuradas...... E q tal estará a opinião publica por essa Provincia? desejava bem sabelo com verde Emfim dê-me as suas notas Hum sugto q vai àmanhã pa essa terra leva recommendação minha vocal pa lhe falar sobre um nego d impor-tancia; ouça-o com attenção, e dê-me par-te do q passar com elle; porem escreva-me com o sobrescripto pa - Fortunato Albano de Santa Roza. - Espero q não haja falta e eu sou sempre tanto do se-gredo, como da sua pessoa

Mto e mto Amigo F A Lxa 1o de Junho 1822

Legenda:

ExpandedUnclearDeletedAddedSupplied


Download XMLDownload textSentence view