PT | EN | ES

Main Menu


Powered by TEITOK
© Maarten Janssen, 2014-

Sentence view

1817. Carta de Felismina para seu irmão Jacinto Júlio de Queirós Moura, estudante.

Author(s)

Felismina      

Addressee(s)

Jacinto Júlio de Queirós                        

Summary

A autora dá novidades ao irmão, mostrando o seu interesse em conhecer a senhora de quem ele tanto fala.

Text: -

Tags:


[1]
Amarante quinze de maio
[2]
Mano do C
[3]
Agora aqui veio o primo Bernardino e nos mostrou hua Carta tua em que lhe dizias que não vinhas
[4]
a mai dice que faças o q quizeres que ja agora pa ella he o mesmo
[5]
mas tabem dis que a falta de dro te obrigara a vir depreça.
[6]
Meo Jacintinho eu mto dezejara conhecer essa Snra de quem tanto encareces a formuzura e boas qualides
[7]
pareceme q tu mentes porq não hes digno de achar hum tão estimavel tezouro,
[8]
devo dizerte que te lembres do Dor João Luis que com o seo cazamto em Coimbra se fes disgraçado
[9]
eu digote isto porque não creio que tu sejas tão felis que aches hua Snra com os requezitos que nos Tens partecipado, porem cendo assim deves estimalla
[10]
da nossa parte dalle agredecimtos do mto que te tem obzequiado segundo o que dizes
[11]
eu se algua emfluencia tivesse com a mai pederlhehia que te deixasse ficar
[12]
porem reçeio agastala mas o Bernardino basta para a mover
[13]
novides não ha
[14]
so a Ba.
[15]
Apolinaria ja tem hum menino e o Juis de fora diceme que to partecipara
[16]
deves darlhe os parabens
[17]
nada mais tenho a dizerte so que vivamte me recomendes a essa Snra
[18]
e dislhe que se eu soubera que as mas letras lhe erão agradaveis lhe escrevia
[19]
tua mana do C Felesmina
[20]
mtos saudozos e ternos recados meos a Exma Snra D Jozefinha Clara Alexandrina do Bom Sucesso Soza

Text view